A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) é uma associação de fins múltiplos, constituída no ano de 2008, pelo Regime Jurídico do Associativismo Municipal (Lei 45/2008 de 27 de agosto) e instituída como pessoa coletiva de direito público.

A área geográfica de atuação abrange 3.344,0 km2 no centro do país e integra os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha, com um total de 247.330 habitantes (censos 2011).

Missão e Visão

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) surge no seguimento das extintas Associação de Municípios do Médio Tejo e Comunidade Urbana do Médio Tejo, respetivamente, com o intuito de promover o desenvolvimento equilibrado e sustentável do seu território de intervenção, com base no planeamento estratégico regional e o apoio às autarquias locais.

Atribuições

Os seus órgãos sociais asseguram a prossecução dos objetivos estratégicos definidos para a região do Médio Tejo. O trabalho desenvolvido em conjunto pelas entidades que integram estes órgãos (municípios associados e parceiros sociais e económicos) foca-se na valorização da identidade regional, na articulação e otimização dos serviços públicos, no estímulo à cooperação dos atores locais e regionais e no incentivo à competitividade empresarial.

Mais info em https://mediotejo.pt

Municipio de Abrantes
Municipio de Alcanena
Municipio de Constância
Municipio do Entroncamento
Municipio de Ferreira do Zêzere
Municipio de Mação
Municipio de Ourém
Municipio de Sardoal
Municipio da Sertã
Municipio de Tomar
Municipio de Torres Novas
Municipio de Vila de Rei
Municipio de Vila Nova da Barquinha